Quem lidera no Brasil em força de marca

Ranking da Interbrand leva em conta metodologia própria e atributos como coerência ética e confiança Redação Reputation Feed

Itaú novamente é a marca mais valiosa, segundo o levantamento

Bancos e bebidas se mantêm no topo entre as marcas brasileiras mais valiosas no ranking da Interbrand, recém-divulgado, que tem uma metodologia própria, levando em conta atributos como percepção de coerência ética e confiança por parte dos consumidores. A lista da consultoria global no país é liderada pelas instituições financeiras Itaú e Bradesco, pela ordem, seguidas por Brahma e Skol, ambas da Ambev, na terceira e quarta colocações.

Entre as marcas que registraram as maiores expansões, aparece a Renner, num percentual de 14%, com a elevação do valor de R$ 1,7 bilhão para R$ 1,9 bilhão, que a fez avançar uma posição, ficando em 11º lugar. A varejista é apontada como referência em seu segmento como líder de moda por trazer inovações e por se destacar no compromisso com a sustentabilidade.


Como novidade, aparece o Nubank. Já na estreia, a instituição financeira ocupa a sétima posição, com valor estimado em R$ 3,8 bilhões. Quem mais caiu, com as dificuldades financeiras que vem enfrentando, foi a Lojas Americanas, que passou da 10ª para a 19ª posição. A pesquisa de campo foi realizada antes da divulgação das inconsistências contábeis da Lojas Americanas, mas como o anúncio do ranking foi adiado neste ano, a Interbrand decidiu incluir uma reavaliação da empresa.

Supermercados seguem perdendo espaço, desde as mudanças de hábito impostas pela pandemia. As redes vêm sendo substituídas pelas de atacarejo, que têm o preço como principal atrativo.

A metodologia da Interbrand leva em conta três componentes principais: desempenho financeiro, o papel que a marca desempenha nas decisões de compra e sua força competitiva. A lista, além de levar em conta dados públicos, também ouve consumidores. Nesta edição, foram entrevistadas 1.109 pessoas no Brasil, entre setembro e outubro, com mais de 15 anos e pertencentes às classes A, B e C.

• Clique aqui para acessar a pesquisa na íntegra


ENQUETE

As enchentes no Rio Grande do Sul tiveram algum impacto na imagem da sua empresa a ponto de levá-la a promover mudanças na gestão de reputação?

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS

Reputação se constrói ao longo de gerações
Artigo
3 MIN.

Reputação se constrói ao longo de gerações

Desafio é investir em boas relações com stakeholders, equilibrando retorno, risco e impacto

Por Bea Johannpeter
Leia mais
Um espaço para valorizar quem lidera e inspira
One to One
2 MIN.

Um espaço para valorizar quem lidera e inspira

ANK lança Reputation Feed, plataforma de conteúdos criada para estimular a cultura de reputação no Brasil

Por Anik Suzuki
Leia mais
Jorge Gerdau Johannpeter: “A reputação tem que ser trabalhada e tem que ter base para justificá-la”
Entrevista
7 MIN.

Jorge Gerdau Johannpeter: “A reputação tem que ser trabalhada e tem que ter base para justificá-la”

Entre os principais nomes da indústria brasileira, um dos acionistas controladores da Gerdau fala sobre a relação entre propósito, reputação e negócios bem-sucedidos

Christianne Schmitt

Leia mais
Natura e Luiza Trajano mantêm liderança em ranking de reputação no Brasil
Curadoria ANK
1 MIN.

Natura e Luiza Trajano mantêm liderança em ranking de reputação no Brasil

Pesquisa de consultoria espanhola considera indicadores de reputação corporativa em 2022

Redação Reputation Feed
Leia mais
COMENTÁRIO

Preencha o formulário abaixo para enviar seu comentário:

Confira a opinião de quem já leu este conteúdo:

(nenhum comentário)