Líderes recorrem a fundos para a recuperação do RS

Empresários buscam mais agilidade e transparência para gerar impacto positivo nas comunidades

Redação Reputation Feed

Porto Alegre e arredores foram muito afetados pelas enchentes – Crédito: Mauricio Tonetto / Secom

Com foco na recuperação do Rio Grande do Sul, devastado por uma enchente de proporções atípicas em maio, líderes empresariais se articulam em torno de fundos com recursos financeiros. O objetivo, conectado com as políticas de ESG das empresas, é assegurar recursos no volume necessário, com agilidade, transparência e mais eficiência, para serem aplicados em áreas que se tornaram críticas pelos efeitos das cheias, segundo matéria publicada no jornal Zero Hora, nesta terça-feira, 11/6. O modelo escolhido para assegurar mais protagonismo e mais impacto positivo nas comunidades não chega a ser novidade, mas ganha força em momentos nos quais é importante definir prioridades e garantir que os recursos cheguem de fato para quem precisa.

O próprio Rio Grande do Sul já vinha se beneficiando, desde 2016, de ações semelhantes lideradas pelo Instituto Cultural Floresta (IFC). A iniciativa, inicialmente voltada para a área da segurança pública, engajou-se agora em ações com o objetivo de assegurar maior bem-estar às pessoas afetadas pelas águas, contribuindo para o enfrentamento de questões sociais e para assegurar condições de normalização da atividade econômica. Esse é o caminho seguido também por influentes grupos gaúchos, por meio do RegeneraRS (Gerdau e Instituto Helga Gerdau), Instituto Ling, Fundação Marcopolo, além de muitas outras empresas e entidades corporativas como a Abicalçados, entre outras, e ONGs como a Gerando Falcões.

As ações podem se beneficiar de incentivos fiscais e tributários e não pretendem substituir o papel do poder público, mas complementá-lo em áreas nas quais é possível atuar com menos burocracia. O ponto em comum é a busca de maior liberdade no direcionamento adequado dos recursos e um melhor acompanhamento dos resultados.

. Clique aqui para conferir a matéria no site GZH


ENQUETE

As enchentes no Rio Grande do Sul tiveram algum impacto na imagem da sua empresa a ponto de levá-la a promover mudanças na gestão de reputação?

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS

Crise climática no RS
Board
4 MIN.

Crise climática no RS

Conjunto de recomendações da ANK Reputation auxilia empresas e líderes a orientar equipes internas, assim como seu posicionamento institucional, durante o momento de crise que vive o Estado. Leia mais
Empresas comprometidas devem acelerar combate à crise climática
Entrevista
11 MIN.

Empresas comprometidas devem acelerar combate à crise climática

Cientista do clima Carlos Nobre fala sobre enchentes no RS, defende neoindustrialização e diz que Brasil pode liderar a economia da biodiversidade

Clóvis Malta

Leia mais
John Elkington: líder corporativo tem papel político a desempenhar pelas agendas de sustentabilidade e de ESG
Entrevista
6 MIN.

John Elkington: líder corporativo tem papel político a desempenhar pelas agendas de sustentabilidade e de ESG

Em entrevista ao Reputation Feed, criador do tripé da sustentabilidade sugere medidas para enfrentar impacto das mudanças climáticas nos negócios e no mundo

Christianne Schmitt

Leia mais
COMENTÁRIO

Preencha o formulário abaixo para enviar seu comentário:

Confira a opinião de quem já leu este conteúdo:

(nenhum comentário)