A nova abordagem dos conselhos de administração sobre o impacto da reputação

Fóruns estratégicos começam a tratar tema de forma mais explícita e sistematizada Por Andiara Petterle

Conselhos que integram gestão de reputação contribuem para o sucesso das empresas – Foto: Shutterstock

Diante das mudanças na sociedade, política e tecnologia, os conselhos de administração estão passando por um ponto de inflexão na forma como abordam a gestão da reputação corporativa. Pesquisa do Blue Rubicon Institute mostra que esses fóruns estratégicos estão passando de uma abordagem implícita e pontual para uma abordagem explícita e sistematizada em relação à reputação.

Essa mudança se traduz em uma busca de informações mais detalhadas e precisas sobre a reputação de suas empresas. Assim, uma nova geração de inteligência de negócios voltada para a reputação está emergindo, fornecendo insights construídos a partir de uma análise do impacto específico da reputação sobre o valor do negócio.

Uma das facetas mais significativas do ponto de inflexão que os conselhos e as equipes de liderança enfrentam é a integração da gestão da reputação em todos os aspectos da organização. A consultoria McKinsey destaca que “o engajamento externo não pode ser separado do cotidiano dos negócios; deve ser parte integrante dele”. Nesse movimento, os conselhos também começaram a desafiar e ajudar as equipes executivas a aplicar uma perspectiva de reputação no processo de definição de opções estratégicas, tomada de decisões e alocação de recursos.

“(Conselhos) estão examinando riscos de reputação que podem limitar a execução da estratégia ou comprometer dependências críticas do negócio, implementando medidas rigorosas de mitigação.

Eles também estão analisando oportunidades para que a reputação construa e sustente vantagens competitivas no longo prazo, alinhando a estratégia de reputação à estratégia corporativa e fornecendo um arcabouço e uma narrativa para os planos em nível divisional, regional e de unidades de negócio. Além disso, estão examinando os riscos de reputação que podem limitar a execução da estratégia ou comprometer dependências críticas do negócio, implementando medidas rigorosas de mitigação. Subjacente a tudo isso, está a necessidade de garantir que a empresa identifique e estabeleça os indicadores corretos para monitorar e revisar o desempenho e os impactos da reputação.

Ao fortalecer o entendimento da reputação, melhorar a análise e os indicadores, aprimorar a expertise e as capacidades do conselho e integrar a gestão da reputação em todas as áreas da organização, os conselhos de administração contribuem significativamente para o sucesso e o crescimento sustentável de suas empresas.

Andiara Petterle é conselheira de Administração e especialista em transformação digital


Os artigos assinados refletem a opinião dos autores

ENQUETE

As enchentes no Rio Grande do Sul tiveram algum impacto na imagem da sua empresa a ponto de levá-la a promover mudanças na gestão de reputação?

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS

5 ações de ESG para conselhos de administração
Curadoria ANK
2 MIN.

5 ações de ESG para conselhos de administração

Artigo do Fórum Econômico Mundial trata de como o board pode garantir a inclusão da sigla em tudo o que a organização faz

Redação Reputation Feed
Leia mais
Alexandre Silva:
Entrevista
9 MIN.

Alexandre Silva: “Você não compra reputação e nem a constrói da noite para o dia. É preciso conquistá-la”

Presidente do Conselho de Administração da Embraer fala sobre a relevância da reputação para as empresas e seus stakeholders

Lucia Ritzel

Leia mais
Rogério Melzi: “Precisamos trabalhar a reputação nos anos de bonança”
Entrevista
7 MIN.

Rogério Melzi: “Precisamos trabalhar a reputação nos anos de bonança”

Conselheiro e gestor de empresas de áreas fundamentais, como educação e saúde, fala sobre as perspectivas em um cenário econômico adverso e em um momento de polarização

Christianne Schmitt e Lucia Ritzel
Leia mais
Jorge Gerdau Johannpeter: “A reputação tem que ser trabalhada e tem que ter base para justificá-la”
Entrevista
7 MIN.

Jorge Gerdau Johannpeter: “A reputação tem que ser trabalhada e tem que ter base para justificá-la”

Entre os principais nomes da indústria brasileira, um dos acionistas controladores da Gerdau fala sobre a relação entre propósito, reputação e negócios bem-sucedidos

Christianne Schmitt

Leia mais
COMENTÁRIO

Preencha o formulário abaixo para enviar seu comentário:

Confira a opinião de quem já leu este conteúdo:

(nenhum comentário)